O Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol completou em 2017 quarenta e cinco anos de existência, um legado histórico que nos orgulha.

Somos a voz ativa do jogador em Portugal e estamos presentes nos momentos de decisão, fruto do diálogo institucional e da credibilidade granjeada junto das instituições nacionais e internacionais que tutelam o desporto e o futebol em particular.

Conseguimos ao longo do último mandato reforçar o papel do Sindicato na sua área tradicional, a defesa dos direitos e legítimos interesses do jogador de futebol, no contexto da relação laboral desportiva. Explorámos novas áreas e desenvolvemos projetos direcionados para as necessidadesdos nossos associados.

A mais recente conquista é a casa do Sindicato. A centralização dos serviços prestados no novo complexo desportivo, em Odivelas, irá dotar o Sindicato das infraestruturas necessárias para acompanhar o jogador nos diferentes momentos da sua carreira desportiva e concretizar ações junto da comunidade.

Odivelas fará convergir as várias áreas de atuação do Sindicato: os serviços administrativos prestados aos seus associados, o estágio para jogadores desempregados, a realização de cursos de formação à medida, o desenvolvimento de projetos de investigação, a criação de escolinhas de futebol são alguns dos exemplos.

Queremos envolver jogadores no ativo e retirados neste projeto, contribuindo cada vez mais para a sua qualificação e valorização profissional. Reafirmamos para o novo mandato a intenção de valorizar o jogador, envolvendo-o na atividade quotidiana do Sindicato.

Estamos certos de que a aposta no futebol feminino colherá os seus frutos. A igualdade de género é uma das batalhas que travamos e o combate aos atropelos dos direitos das jogadoras de futebol uma das missões que assumimos, em especial nesta etapa de crescimento e profissionalização do setor.

A valorização do jogador leva-nos, ainda, a explorar novas áreas e agir perante as mesmas. A saúde mental, posta em risco num contexto de pressão e necessidade de resultados imediatos, próprio do desporto de alta competição, é uma das nossas preocupações centrais.

Queremos investir nesta temática e noutras que envolvam os parceiros institucionais, contribuindo para a discussão de novos temas, fundamentais ao jogador na dimensão pessoal, profissional e social.

Honrando o passado e, em especial, o contributo de diversas gerações de jogadores para o crescimento do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, renovamos o compromisso para um novo mandato, marcado pela transparência, pelo rigor na gestão técnica, administrativa e financeira e pela promoção dos valores e boas práticas associadas ao desporto.


   O Presidente da Direção,        (Joaquim Evangelista)