Educação Financeira

Projeto

Os jogadores de futebol são um público para o qual é particularmente relevante desenvolver iniciativas de formação financeira, tendo em conta que estes enfrentam importantes desafios associados a uma profissão de desgaste rápido
e de curta duração.


São poucos os jogadores que auferem um rendimento que lhes permita assegurar financeiramente o período pós-carreira. Adicionalmente, as exigências da profissão de futebolista, que requer total empenho do jogador, podem dificultar a aquisição de outro tipo de qualificações que permitam perspetivar o desempenho de uma outra atividade profissional.





Um estudo publicado recentemente pela XPRO, uma organização que apoia jogadores profissionais de futebol no período pós-carreira, concluiu que 2 em cada 5 ex-jogadores da Premier League assumem a existência de dificuldades financeiras graves cinco anos após o término da sua atividade profissional.

Em Portugal, apesar de não existirem dados concretos nesta matéria, a situação não é muito diferente. Têm sido vários os ex-jogadores de futebol a expor publicamente as dificuldades económicas que atravessam.

Reconhecendo a importância da promoção da formação financeira em geral, e em particular desta classe profissional, o Conselho Nacional de Supervisores Financeiros (Banco de Portugal, Comissão do Mercado de Valores Mobiliários e Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões) e o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol estabeleceram uma parceria, no âmbito do Plano Nacional de Formação Financeira que visa promover os conhecimentos, atitudes e comportamentos financeiros adequados dos jogadores de futebol. Esta parceria foi formalizada com a assinatura de um Protocolo no dia 3 de abril de 2017.




Eixos de intervenção




Público-alvo



A parceria estabelecida entre o Conselho Nacional de Supervisores Financeiros (Banco de Portugal, Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões e Comissão do Mercado de Valores Mobiliários) e o Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol, no âmbito do Plano Nacional de Formação Financeira, pretende aumentar os conhecimentos financeiros dos jogadores de futebol (jogadores no ativo, ex-jogadores e jovens) e promover atitudes e comportamentos financeiros adequados.



Objetivos





Atividades

Diagnóstico
Realização de um estudo de diagnóstico sobre os níveis de conhecimentos e as atitudes e comportamentos financeiros dos jogadores de futebol.


Campanhas de sensibilização
Realização de campanhas de sensibilização dos jogadores para temas de formação financeira.

Celebração do Dia da Formação Financeira do Jogador de Futebol, nomeadamente através da realização de campanhas de sensibilização em jogos da I e II Ligas e Campeonatos Nacionais jovens.

Formação
Realização de ações de formação de formadores que irão depois desenvolver iniciativas de informação e formação financeira dirigidas aos jogadores de futebol. Realização de conferências, workshops e ações de formação sobre temas de formação financeira dirigidos aos jogadores de futebol.


Materiais de informação e formação
Distribuição de materiais de informação e formação financeira aos jogadores de futebol.