Saúde Mental

Caracterização

O desporto profissional acarreta a pressão constante para vencer, atingir os objetivos traçados e o máximo rendimento. Além disso, os atletas lidam com inúmeros contextos geradores de ansiedade e perturbação, tais como os problemas financeiros resultantes do incumprimento salarial ou da má gestão patrimonial, as abordagens para a manipulação de resultados, as lesões ou doenças incapacitantes, o fenómeno do doping, o assédio no trabalho frequentemente exercido através do afastamento do grupo de trabalho, ou a inadaptação a determinado país e campeonato.

Perante estas e outras vicissitudes da profissão, muitos jogadores não estão preparados para superar as adversidades e garantir o rendimento desportivo e o bem-estar psicológico.



O projeto Saúde Mental pretende diagnosticar, prevenir e responder adequadamente aos problemas com que os jogadores se debatem durante e no pós-carreira, no plano psicológico.


OBJETIVOS
1. Promover junto do jogador profissional de futebol, e da opinião pública em geral, informação relativamente à possibilidade de ocorrência de distúrbios mentais nos futebolistas.


2. Desenvolver investigação que permita obter evidências sobre a realidade do jogador português de futebol no âmbito da saúde mental, da sua epidemiologia, prevenção e tratamento.


3. Possibilitar ao jogador de futebol um espaço de consulta e acompanhamento no âmbito da intervenção psicológica.


CRONOGRAMA



19 de outubro de 2017 (em referência ao Dia Mundial da Saúde Mental - 10 de outubro):

- Lançamento do projeto.
- Assinatura de memorando interinstitucional (protocolo Sindicato dos Jogadores-SPPD).

Outubro de 2017 a dezembro de 2018:
- Criação de espaço no site do Sindicato dos Jogadores com informação sobre possibilidade de terapia.
- Definição da metodologia relativa ao(s) estudo(s) de diagnóstico a realizar.
- Elaboração do manual divulgativo sobre saúde mental e futebolistas.

Janeiro a fevereiro de 2018:
- Formação de formadores para sessões temáticas a realizar nos clubes.
- Publicação do kit de saúde mental.
- Início do(s) estudo(s) de diagnóstico.

Março a maio de 2018:
- Realização de ações nos clubes.
- Evento "Player's Corner" dedicado à saúde mental no futebol.

Outubro de 2018:
- Mês dedicado a iniciativas públicas no âmbito da saúde mental (jornada das Ligas, programa de TV, distribuição de material para o público em geral).

Novembro de 2018:
- Realização das XIX Jornadas da SPPD.
- Apresentação dos resultados do(s) estudo(s) de diagnóstico efetuado(s) pelo Sindicato dos Jogadores/SPPD.

Janeiro a maio de 2019:
- Reforço das ações de comunicação (distribuição do kit, vídeo do projeto, exemplos obtidos durante o projeto).
- Nova ronda de formação nos clubes.