“Perder com a Itália não põe em causa o trabalho desenvolvido”


Edite Fernandes e as consequências da ausência de Portugal do Mundial 2019 de futebol feminino.

A Seleção Nacional de futebol feminino perdeu por 3-0 com a Itália, em Florença, e ficou afastada da possibilidade de lutar pelo apuramento para o Mundial 2019.

Em 2017, Portugal participou pela primeira vez numa fase final de uma grande competição de seleções de futebol feminino, o Europeu, falhando agora o objetivo de estar presente no Campeonato do Mundo, depois da vitória da Bélgica por 7-0 sobre a Moldávia.

A ex-internacional portuguesa Edite Fernandes considera que a derrota com a Itália e a consequente não qualificação para o Mundial não compromete a evolução do futebol feminino português.

“Sabíamos que o jogo com a Itália ia ser difícil, mas esta derrota não põe em causa o trabalho que está a ser feito. Continuamos a crescer, a solidificar a nossa Seleção com grandes valores e batemo-nos olhos nos olhos com as principais seleções da Europa”, defende a jogadora do SC Braga e a segunda mais internacional de sempre pela Seleção feminina.

Edite Fernandes sente que Portugal merecia um resultado mais positivo na receção à Itália, em novembro de 2017, e que a vitória das transalpinas nesse desafio foi determinante para o desfecho do grupo 6 de apuramento.

“Penso que merecíamos ter ganho o jogo que realizámos em Portugal com a Itália. O resultado em Florença acaba por ser pesado, mas estamos a evoluir e quem sabe se na próxima qualificação para o Mundial não estaremos a discutir a qualificação”, acredita Edite.

Esta terça-feira, 12 de junho, Portugal defronta a Roménia em mais um jogo de qualificação para o Mundial 2019. Edite Fernandes acredita num bom desempenho da Seleção Nacional, frente a um adversário que foi afastado pela equipa das Quinas na caminhada para o Europeu 2017.

“A Roménia traz-nos boas recordações, da qualificação para o Europeu. É um jogo que temos de ganhar e as nossas jogadoras têm de continuar a trabalhar até ao fim e a lutar por uma boa classificação no grupo 6 de apuramento”, conclui a avançada do SC Braga.

Depois do jogo com a Roménia, Portugal irá realizar mais duas partidas até ao final da qualificação para o Mundial 2019. A 30 de agosto desloca-se à Moldávia e a 4 de setembro recebe a formação romena, em jogos para cumprir calendário.

Classificação do grupo 6 de apuramento para o Mundial 2019 de futebol feminino:

1 Itália – 21 pontos/7 jogos   
2 Bélgica – 13 pontos/6 jogos
3 Portugal – 4 pontos/5 jogos
4 Roménia – 4 pontos/5 jogos
5 Moldávia – 1 ponto/7 jogos

Partilhar