Apoio Jurídico

Notícias

Sindicato repudia atos de violência na Academia Sporting


Jogadores contam com total apoio neste momento difícil.

O Sindicato dos Jogadores vem manifestar a mais profunda condenação pelos atos de violência contra jogadores e equipa técnica do Sporting CP, durante a tarde desta terça-feira.

É absolutamente inaceitável que um grupo organizado tenha conseguido entrar na Academia Sporting, em Alcochete, e ofendido a integridade física e moral dos jogadores, no seu local de trabalho.

Lamenta-se que o clube, ao invés de procurar resolver internamente os problemas que surgiram durante a época, tenha tido um conjunto de manifestações públicas relativas aos jogadores e ao seu profissionalismo que, infelizmente, culminaram neste episódio.

O Sindicato tem acompanhado os jogadores ao longo de uma época desportiva particularmente difícil, apelando ao diálogo, ao consenso e à tolerância, sendo que a preparação desta final da Taça de Portugal estava, apesar de tudo, a ser encarada pelo plantel com otimismo e confiança para responder dentro de campo e dar uma alegria aos sócios e adeptos do clube.

Esta situação apenas serve para desestabilizar e afetar a confiança destes profissionais a que o Sindicato não deixará de prestar todo o apoio de que necessitem.

Apela-se, ainda, às autoridades para que realizem com celeridade todas as diligências necessárias à identificação dos agressores, que não têm lugar no futebol e não podem de forma alguma sair impunes.

Partilhar