Educação Financeira

Testemunhos

"Investir na carreira sem comprometer o futuro"

Os casos mediáticos de jogadores de futebol e de basquetebol mundial que entraram em bancarrota e o aumento de futebolistas nacionais falidos ou com graves problemas financeiros colocam o tema da educação financeira na ordem do dia.

Entre as principais causas para o colapso financeiro dos atletas estão a relação com os amigos e a família, os divórcios, o aconselhamento que recebem e ou investimentos errados, ou os gastos descontrolados durante e logo após o término da carreira, quando diminuem drasticamente os rendimentos obtidos.



As características a profissão, de curta duração e desgaste rápido, a consequente concentração de riqueza num curto período de tempo e a imprevisibilidade dos rendimentos obtidos após a carreira desportiva, a somar à baixa escolaridade tornam os jogadores particularmente vulneráveis e sem capacidade para reagir a contextos de crise.

Nesta perspetiva, o Sindicato definiu como prioridade no atual mandato a educação dos seus associados, compreendendo nesta área a educação financeira dos jogadores, convicto de que a capacitação dos jogadores com conhecimentos de gestão financeira contribuirá decisivamente para diminuir os casos de bancarrota.

Diagnosticar os níveis de literacia financeira, sensibilizar os jogadores para a poupança e promover atitudes e comportamentos financeiros adequados é o investimento que propomos a todos os jogadores de futebol para que possam garantir o seu futuro.

Joaquim Evangelista, Presidente da Direção do SJPF


"Melhorar conhecimentos e influenciar atitudes"

O Plano teve sempre uma abordagem integradora de diversas iniciativas propondo-se divulgar e coordenar esforços e projetos de várias entidades, apoiar a implementação de atividades no terreno e motivar e estimular os vários parceiros envolvidos.



A construção de pilares de atuação estratégicos para melhorar conhecimentos e influenciar atitudes e comportamentos financeiros de um conjunto diversificado de públicos-alvo só é possível com o envolvimento de uma rede alargada de parceiros e num horizonte temporal alargado que permita uma atuação estruturada e duradoura.

Conselho Nacional de Supervisores Financeiros