Apito
Sandra Bastos

É a única árbitra portuguesa do grupo de elite e já dirigiu jogos masculinos da Liga Revelação.

Ler entrevista
Apito
Vítor Ferreira

Chegou à primeira categoria da arbitragem em 2017 e deixou para trás uma carreira de jogador.

Ler entrevista
Apito
Rui Oliveira

Rui Oliveira considera a arbitragem nacional globalmente boa e acredita nos novos juízes de campo.

Ler entrevista
Apito
Rui Costa

Rui Costa acredita que temos bons árbitros, mas gostava que as mentalidades fossem diferentes.

Ler entrevista
Apito
João Pinheiro

João Pinheiro é árbitro há 15 anos e considera que esta é uma profissão pela qual os jovens devem optar.

Ler entrevista
Apito
Fábio Veríssimo

Fábio Veríssimo chegou a internacional em 2015, mas o gosto pela arbitragem começou como futebolista.

Ler entrevista
Apito
José Fontelas Gomes

Na presidência do Conselho de Arbitragem da FPF desde junho de 2016, o ex-presidente da APAF acredita que a introdução do vídeo-árbitro no futebol é o caminho a seguir e aponta para o reforço da arbitragem em meios técnicos, formativos e humanos.

Ler entrevista
Apito
Bruno Esteves

A profissionalização da arbitragem.

Ler entrevista
Apito
Manuel Oliveira

A relação jogador-árbitro dentro de campo.

Ler entrevista
Apito
Tiago Martins

Árbitro recém-internacional em entrevista.

Ler entrevista
Apito
Marco Ferreira

Ex-árbitro em entrevista à "JOGADORES".

Ler entrevista
Apito
Bruno Paixão

Árbitro da AF Setúbal em entrevista ao SJPF.

Ler entrevista
Pedro Proença
Pedro Proença

Considerado um dos melhores árbitros do Mundo e dono de um currículo invejável, Pedro Proença despedir-se-á no Mundial do Brasil, devido ao limite de idade, de fases finais de grandes competições de seleções. Espera sair em alta e dignificar o nome da arbitragem e de Portugal. 

Ler entrevista
Apito
João Capela

JOÃO CAPELA, árbitro da Associação de Futebol de Lisboa, diz que a arbitragem portuguesa está no bom caminho e que é necessário apostar nos jovens e nas relações entre classes no futebol.

Ler entrevista
Apito
Artur Soares Dias

ARTUR SOARES DIAS, árbitro da Associação de Futebol do Porto, acredita que todos os clubes deveriam possuir ex-árbitros na sua estrutura e que as novas tecnologias poderão conferir outra credibilidade à modalidade.

Ler entrevista
Apito
José Gomes

JOSÉ GOMES, Presidente da APAF, elege como principal objetivo a criação de melhores condições de trabalho para os árbitros das divisões inferiores e enaltece ainda as boas relações entre as associações de classe (jogadores, árbitros e treinadores).

Ler entrevista
Apito.
Duarte Gomes

DUARTE GOMES, da AF de Lisboa, apela à profissionalização da estrutura da arbitragem e diz que a mesma ainda só não foi feita por “falta de vontade política”.

Ler entrevista
Apito
Hugo Miguel

HUGO MIGUEL, valor seguro da arbitragem, recebeu as insígnias FIFA no início do ano. O árbitro da AF de Lisboa garante que a arbitragem portuguesa está no bom caminho e que o seu relacionamento com os jogadores pauta-se pelo respeito mútuo.

Ler entrevista
Apito
Paulo Baptista

Árbitro da primeira categoria desde 1995, Paulo Baptista defende que a arbitragem portuguesa atravessa uma fase de mudança e que a atividade passará a ser mais apelativa para os jovens.

Ler entrevista
Apito
João Ferreira

Com a experiência de 24 anos de arbitragem, João Ferreira elogia o estado da arbitragem portuguesa, a passagem desta para a FPF e apoia a profissionalização dos árbitros.

Ler entrevista
Apito
Jorge Sousa

Jorge Sousa é considerado um dos melhores árbitros portugueses. Diz que arbitragem lusa está a passar por uma boa fase e que os jogadores não podem ver o juiz como um inimigo.

Ler entrevista