Caetano termina carreira de jogador


Avançado do Varzim despede-se dos relvados aos 29 anos.

Rui Caetano, extremo de 29 anos do Varzim, colocou um ponto final na carreira de jogador, este domingo, coroando o percurso como futebolista profissional com o golo que deu a vitória aos poveiros diante do Penafiel, por 2-1.

Entrado em campo aos 75 minutos, Caetano marcou o segundo golo do Varzim aos 82’, dando os três pontos à sua equipa, que ainda assim se mantém no último lugar do segundo escalão do futebol português.

Na presente temporada, Caetano cumpriu seis jogos oficiais, tendo marcado um golo, sendo que no percurso como jogador profissional realizou 248 encontros, apontando 17 golos.

Formado no FC Porto, o extremo de 29 anos tem como pontos altos na carreira a medalha de prata no Mundial de Sub-20 de 2011 e o terceiro lugar na Primeira Liga alcançado pelo Paços de Ferreira, na época 2012/13.

Além dos pacenses e do Varzim, clubes onde iniciou e terminou o percurso como sénior, Caetano representou ainda o Gil Vicente, Penafiel e Desportivo das Aves.

O Sindicato dos Jogadores, através do presidente Joaquim Evangelista, agradece ao seu associado Rui Caetano, pelo contributo que deu ao futebol português dentro das quatro linhas:

“Caro Caetano,

Em primeiro lugar, quero enviar-te, ainda que à distância, este abraço a título pessoal e em nome de todos os jogadores.

Enquanto jogador de futebol foste um exemplo, na determinação, na entrega e empenho ao jogo e, ainda, na educação e profissionalismo.

Ficarás para a história do futebol português, por teres feito parte da equipa que se sagrou vice-campeã do mundo de sub-20, em 2011, um registo que jamais esquecemos.

Terminar a carreira aos 29 anos nunca é fácil, mas demonstraste grande lucidez e, estamos certos, terás novos projetos de sucesso para esta fase de transição.

O Sindicato não esquece os seus. Estivemos juntos nos momentos bons, mas, sobretudo, nos maus e queremos continuar a fazer parte do teu percurso.

Desejo-te as maiores felicidades. Conta connosco para o que necessitares.”

Partilhar