Benfica já conhece o primeiro adversário na Liga dos Campeões


Encarnados reencontram o Spartak de Moscovo, que traz consigo um velho conhecido: Rui Vitória.

Decidiu a sorte que o Benfica defrontasse o Spartak de Moscovo na 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Evitou, desta forma, adversários como PSV ou Galatasaray e Genk. As águias precisam de vencer esta eliminatória para poderem continuar a sonhar com um lugar na fase de grupos.

Ultrapassado o Spartak de Moscovo, segue-se ainda um play-off de acesso. Depois do desaire da temporada passada, em que o Benfica perdeu com o PAOK, de Abel Ferreira, por 2-1, numa eliminatória jogada apenas a uma mão, os encarnados esperam desta feita conseguir os milhões dos campeões.

É a segunda vez que o Benfica defronta o Spartak de Moscovo na Liga dos Campeões, depois de, na época 2012/13, ambas as equipas terem calhado no Grupo G, em conjunto com o Barcelona e o Celtic. Nesse ano, os encarnados venceram a partida caseira, com dois golos de Cardozo, mas perderam na visita à Rússia por 2-1, com um autogolo de Jardel. Nessa temporada era Jorge Jesus o técnico do Benfica. No entanto, no lugar de Unai Emery, treinador do Spartak de Moscovo à altura, estará Rui Vitória, que conhece bem o clube da Luz, equipa pela qual conquistou um tricampeonato.

Retomados os moldes habituais, a 3.ª pré-eliminatória vai ser jogada a duas mãos. O Benfica visita os russos a 3 ou 4 de agosto e recebe-os na Luz no dia 10 do mesmo mês.

Partilhar