FC Porto é o clube português que dá mais minutos aos jogadores da formação


Relatório do Observatório do Futebol analisou 40 ligas de todo o mundo.

Um relatório elaborado pelo Observatório do Futebol (CIES), que analisou 40 ligas de todo o mundo, revela que o FC Porto é o clube português que dá mais minutos aos jogadores da formação, sendo o 79.º de uma lista global liderada pelo Athletic Bilbau.

Mais de metade da percentagem de minutos dos jogadores utilizados pela equipa principal do Athletic, na presente época, pertence a futebolistas oriundos dos escalões de formação (55,8%).

Em termos de ligas, o campeonato argentino é aquele em que há uma maior percentagem de jogadores utilizados formados localmente (26%). No sentido oposto, a liga grega é o campeonato onde se verifica uma menor taxa de utilização de jogadores da formação na equipa principal (apenas 4%).

Neste estudo, há 42 equipas que não utilizaram qualquer jogador da formação na presente temporada, destacando-se neste parâmetro pela negativa os ingleses do Brentford, os alemães do Bayer Leverkusen e os italianos do Bologna e da Udinese, onde atua o português Beto.

No que ao campeonato português diz respeito, o FC Porto lidera a lista com uma percentagem de 30,7% de minutos relativamente aos jogadores da formação utilizados na equipa principal, seguido pelo Sporting (21,7%) e pela Belenenses SAD (17,6%). O top-5 fica completo com os minhotos do SC Braga (16,2%) e do Vitória SC (12,1%). O Benfica surge na sexta posição (9,7%). Na cauda da tabela estão o Moreirense, Vizela e Arouca, sem qualquer jogador da formação utilizado.

Para se encontrarem estes dados foram tidas em conta as primeiras 30 jornadas da Liga portuguesa, considerando-se jogador formado localmente aquele que tenha jogado no clube durante três épocas consecutivas, entre os 15 e os 21 anos de idade.

Partilhar