Opinião: "Tarantini"


Presidente do Sindicato dos Jogadores fala sobre o exemplo de Tarantini.

Esta semana, o presidente do Sindicato dos Jogadores, Joaquim Evangelista, fala sobre o exemplo que é Tarantini dentro e fora do futebol, felicita os 100 anos da AF Algarve e sublinha ainda a importância do desporto na integração no contexto do Dia Mundial do Refugiado, no habitual espaço de opinião, publicado no Record:

"Escrevo estas linhas com um enorme orgulho no percurso académico e desportivo do Ricardo (Tarantini), que culmina com a defesa da tese de doutoramento, na qual terei o privilégio de estar presente. Trata-se de um exemplo na compatibilização entre vida desportiva ao mais alto nível e estudos, vinda de alguém que mantém uma visão crítica e construtiva sobre o sistema atual e os aspetos a melhorar para que exista uma aposta, efetiva, na qualificação dos jogadores.

Para o Sindicato esta área continua a ser fundamental, aliada a um planeamento e orientação vocacional adequados, que permitam valorizar competências académicas, mas também as chamadas 'soft skills dos jogadores, em suma, defendemos o apoio e promoção de um verdadeiro projeto de transição de carreira e reconversão profissional para cada profissional de futebol.

Esta semana quero também destacar os mo anos da Associação de Futebol do Algarve, assinalados com o lançamento de um livro comemorativo. Destaco o excelente trabalho que tem sido desenvolvido pelo seu presidente, Reinaldo Teixeira, e desejo à AFA, nesta data muito importante, todo o sucesso no desenvolvimento da sua atividade tão importante para a região algarvia e futebol nacional.

Por fim, assinalo o dia mundial do refugiado de 2022, ano dramático para o povo ucraniano que se juntou à lista de povos que por motivos relacionados com a guerra, perseguição fundada em motivos políticos ou discriminação étnico-racial, entre outros, foram obrigados a deslocar-se despojados de tudo, em busca da sua liberdade, segurança e vida melhor. Nos momentos em que quase tudo falta, o desporto continua a ser um excelente motor de inclusão social e tolerância Nunca foi tão importante desenvolver ferramentas para ajudara cumprir tão nobre missão."

Partilhar