Katelin Talbert é a Melhor Guarda-Redes da Liga BPI 2021/22


Sindicato dos Jogadores teve em conta a média de golos sofridos na fase de apuramento do campeão.

Depois de terem sido anunciadas as Melhores Jogadora, Jovem e Marcadora da Liga BPI 2021/22 – Andreia Norton, Andreia Jacinto e Telma Encarnação, respetivamente, esta quarta-feira divulgamos a vencedora do prémio Melhor Guarda-Redes do campeonato de futebol feminino.

Na categoria de Melhor Guarda-Redes, a vencedora foi Katelin Talbert, guardiã do Benfica, que sofreu 4 golos em 8 jogos, durante a fase de apuramento do campeão. Para esta decisão, foi tida em conta a melhor média de golos sofridos, ou seja, a guarda-redes que esteve mais tempo sem ver a sua baliza sofrer golos.

Katelin Talbert cumpriu 705 minutos, sofrendo 4 golos em 8 jogos, o que se traduz numa média de 0,5 golos sofridos por jogo. Em segundo lugar ficou Doris Bacic, do Sporting, com 5 golos sofridos em 8 jogos, num total de 720 minutos, o que dá uma média de 0,6 golos sofridos por jogo.

No terceiro lugar, a fechar o pódio, ficou Patrícia Morais, do SC Braga, com 10 golos sofridos em 14 jogos, num total de 1248 minutos de utilização, traduzindo-se numa média de 0,7 golos sofridos por jogo.

O prémio de Melhor Guarda-Redes da Liga BPI será entregue pelo Sindicato dos Jogadores a Katelin Talbert, no arranque da pré-época 2022/23, em data a anunciar.

Partilhar