“A carreira dos futebolistas e os psicólogos”


Presidente do Sindicato foi um dos oradores das Psitalks no Congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato dos Jogadores, marcou presença, no passado dia 29 de setembro, no 5.º Congresso da Ordem dos Psicólogos Portugueses, realizada em Aveiro, tendo sido orador no painel “A carreira dos futebolistas e os psicólogos” .

Nesta Psitalk, o presidente do Sindicato dos Jogadores abordou as vicissitudes da profissão de futebolista e os problemas de saúde mental mais comuns.

Em ano de mudial no Qatar, a sobrecarga competitiva mereceu destaque, numa altura em que as consequências de um calendário apertado começam a ser demonstradas. Também a necessidade de incutir, desde a idade de formação e com o envolvimento dos pais, um acompanhamento transversal que assegure a proteção e o desenvolvimento saudável do jovem jogador, foi alvo de destaque pelo presidente do Sindicato.

Joaquim Evangelista partilhou, ainda, os resultados do projeto de saúde mental do Sindicato, desenvolvido em parceria com a Sociedade Portuguesa de Psicologia do Desporto e a Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP), estando neste momento implementado um serviço de apoio psicológico aos jogadores de futebol que garante uma rede de mais de 400 psicólogos em todo o país, e apoio financeiro para as primeiras quatro consultas.

Relativamente a novos projetos a ser trabalhados neste campo, a criação de uma área de assistência ao desenvolvimento pessoal do jogador e transição de carreira no Sindicato, com o apoio técnico dos psicólogos e em articulação com a OPP, foi o grande destaque.

Na pessoa do Bastonário Francisco Miranda Rodrigues, o Presidente do Sindicato dos Jogadores parabenizou a Ordem dos Psicólogos Portugueses pelo fantástico congresso que reuniu centenas de participantes, na cidade de Aveiro.  

Partilhar