Ukra termina carreira de jogador


Extremo do Rio Ave pendura as chuteiras aos 36 anos.

Depois de 17 épocas como jogador profissional, no dia 17 de maio, ao minuto 17 do jogo entre o Rio Ave e o SL Benfica, o camisola 17 dos vilacondenses, Ukra, colocou um ponto final na carreira de jogador.

Aos 36 anos, o internacional português dá por terminado um percurso que incluiu uma conquista da Liga Europa em 2011, pelo FC Porto, um título de campeão nacional, uma Supertaça e uma Taça de Portugal na época 2010/11 e dois títulos de campeão da Segunda Liga, pelo Olhanense e Rio Ave.

Formado no Famalicão, Padroense e FC Porto, Ukra estreou-se no futebol profissional em 2007, pelo Varzim. Jogou sempre nos dois principais escalões e ainda teve duas experiências fora de portas. Em Portugal, além dos clubes já mencionados, vestiu a camisola do SC Braga e Santa Clara.

Em 2016/17, o extremo português jogou no Al Fateh, da Arábia Saudita, e na época seguinte representou o CSKA Sófia, da Bulgária. O Rio Ave foi o clube que mais vezes representou, pelo qual cumpriu 205 jogos, tendo marcado 16 golos.

O presidente do Sindicato dos Jogadores, Joaquim Evangelista, agradece ao nosso associado o contributo que deu ao futebol português, dentro das quatro linhas, e deseja as maiores felicidades para a nova etapa da sua vida:

“Ukra,

Ao longo da tua carreira mostraste ser um exemplo daquilo que deve ser a promoção dos valores do desporto, não só dentro como fora de campo.

Jogadores como tu fazem bem ao futebol, pela alegria no exercício da profissão e boa disposição contagiante. A nossa classe demonstrou o respeito que granjeaste nos últimos 17 anos como profissional, ao prestar-te uma merecida homenagem na despedida dos relvados.

Essa união entre colegas de equipa, adversários e adeptos é demonstrativa do que significas para o futebol português.

O teu caráter faz-me ter a certeza de que continuarás a ser uma figura marcante do nosso futebol, capaz de contribuir para um desporto mais saudável.

Obrigado, Rei! Continua a inspirar-nos com a tua boa disposição.

Forte abraço.”

Partilhar